Em casa, no trabalho, no parque ou shopping as pessoas estão cada vez mais conectadas, seja em seus smartphones, tablets, ipads ou no tradicional computador. Alguns internautas passam horas atentos a cada nova postagem, a cada novo comentário. Longos períodos assim podem causar sérios danos à saúde de sues olhos.

O primeiro problema está na exposição em excesso dos olhos às telas. “O uso excessivo da visão de perto nesses aparelhos exige acomodação e convergência contínuos que podem causar cansaço, ardência e olhos vermelhos”, explica a médica oftalmologista Dra. Roberta Abdulmassih.

Segundo ela, isso pode acarretar uma série de problemas. “Por ser atividade que exige atenção fixa e contínua, há uma diminuição no ritmo da piscada, o que favorece o aparecimento ou o agravamento do olho seco e, com ele, vários sintomas como sensação de corpo estranho, sensação de areia nos olhos, ardência e olho vermelho”, completa a médica.

Para evitar qualquer problema, o segredo é dosar a navegação, ou seja, no tempo de permanência no mundo virtual. “Uma das principais dicas para não prejudicar a saúde dos olhos é fazer intervalos de aproximadamente 10 minutos a cada hora de uso. Desta forma, há o relaxamento da musculatura e um alívio para o cansaço relacionado com este esforço”, indica Dra. Roberta.

O controle da iluminação do ambiente, o contraste da tela e o reflexo também são fundamentais para ter maior conforto durante o uso. Além disso, é preciso lembrar-se de um detalhe precioso: piscar muitas vezes. “Procure piscar mais vezes para evitar que os olhos fiquem ressecados e irritados. A falta desse gesto pode causar o chamado olho seco. E, claro, mantenha um distância razoável de 40 a 60 centímetros da tela”, aconselha Dra. Roberta. “Mas, se o problema persistir, a melhor recomendação é procurar um oftalmologista”, orienta.