AGENDAMENTO ONLINE

Estrabismo: O que é, causas e tratamento

  • Estrabismo O que é, causas e tratamento

O estrabismo é um distúrbio que geralmente é diagnosticado ainda na infância. Ele prejudica não só a visão do paciente, como sua autoestima e até mesmo as relações interpessoais.

E apesar de ser um problema comum nos primeiros anos de vida, saiba que o estrabismo também pode surgir posteriormente.

Por conta disso é necessário procurar especialistas em oftalmopediatria o quanto antes. Isso porque quanto mais cedo o diagnóstico for definido, mais fácil se torna o tratamento do estrabismo.

Mas afinal, o que é o Estrabismo?

O estrabismo nada mais é do que um desequilíbrio na função dos músculos oculares. Com isso, os olhos acabam não ficando posicionados corretamente como deveriam.

É possível que os dois ou apenas um dos olhos sofra essa falha no posicionamento.

O que causa o estrabismo?

Existem várias causas prováveis para o estrabismo. Entre as principais estão:

  • Doenças neurológicas;
  • Síndrome de Down;
  • Traumas e tumores cranianos;
  • Grau elevado de hipermetropia;
  • Doenças genéticas;
  • Doenças infecciosas;
  • Maus hábitos relacionados a visão (coçar os olhos com as mãos sujas, usar produtos inadequados nos olhos, não higienizar os olhos entre outros);
  • Distúrbios oculares de maneira geral.

Principais sintomas

O diagnóstico do estrabismo é feito através de uma avaliação médica dada por um especialista em oftalmopediatria. Dentre os principais sintomas, é possível citar:

  • Visão dupla no caso de pessoas que desenvolvem o distúrbio ao longo da fase adulta;
  • Pequenos desvios dos olhos no caso de bebês;
  • Perda progressiva da visão;
  • dor de cabeça;

Durante a avaliação o médico irá realizar o chamado teste do reflexo para verificar se o foco de luz está sendo centralizado nas duas pupilas.

Tratamento

Existem várias alternativas de tratamento para corrigir estrabismo. E a escolha vai depender do grau de gravidade do quadro do paciente. Os principais tratamentos são:

Medicamentos

O bloqueador do sistema nervoso autônomo ajuda o paciente a manter os músculos dos olhos agindo da maneira correta, acabando com o distúrbio.

Dispositivos

Essa é uma das alternativas mais comuns. Isso porque os dispositivos são mais econômicos do que as intervenções cirúrgicas.

Entre os dispositivos mais comuns estão os óculos e as lentes de contato.

Cirurgia

Essa é a forma de correção definitiva do estrabismo. Na cirurgia é feita a correção da anomalia ocular.

Dicas de como cuidar dos olhos e proteger a visão

O estrabismo, assim como outros distúrbios da visão, pode ser evitado através de alguns cuidados simples. Confira abaixo algumas dicas de como cuidar melhor dos seus olhos.

  • Nunca coce os olhos com as mãos, principalmente se elas não estiverem higienizadas;
  • Ao sentir coceira lave os olhos com água corrente;
  • Não use colírios sem prescrição médica;
  • Ao usar maquiagem, certifique-se que ela foi testada dermatologicamente que está dentro do prazo de validade;
  • Ao praticar esportes que podem gerar grande impacto na cabeça, use equipamentos de segurança;
  • A qualquer sinal de desconfortos na visão procure um especialista;
  • Se o tempo estiver muito seco e você sentir desconforto nos olhos, lave eles com água corrente ou soro fisiológico.

Gostou do post? Ficou com alguma dúvida? Venha conhecer a nossa clínica e o melhor tratamento lhe será indicado.

2019-03-15T12:22:31-03:00março 2019|Categoria: Estrabismo|

Fique por dentro!

Cadastre-se em nosso Blog e receba dicas e informações sobre prevenção e tratamento de doenças relacionadas à visão.
CADASTRAR
Não praticamos spam e você poderá se descadastrar a qualquer momento.
close-link